7 cuidados que os pais devem ter com crianças alérgicas

Com a forte incidência de crises alérgicas no público infantil, é preciso investir cada vez mais em prevenção. Nessa idade, os pequenos ficam mais vulneráveis a qualquer contato com o agente agressor, que pode se tornar forte ameaça à saúde das crianças.

Então, se você já sabe que o seu filho possui alguma sensibilidade específica, vale reforçar que a atenção é fundamental. É preciso tomar cuidado e sempre estar de olho nas atividades do dia a dia, evitando qualquer exposição perigosa.

Considerando, então, esse contexto e buscando auxiliar os pais nessa importante tarefa que é cuidar do bem-estar dos filhos, o post de hoje traz algumas dicas especiais para lidar com as crianças alérgicas. Confira a seguir.

1. Mantenha o ambiente limpo

Se a alergia do seu filho estiver atrelada a fatores respiratórios, a limpeza do ambiente terá fortes influências na ocorrência (ou não) de reações. Por isso, mantenha tudo sempre em ordem, livre de sujeira e poeira.

Ainda, garanta que o quarto dos pequenos seja bem arejado e que não apresente muita umidade. Um ambiente bem limpo é livre de ácaros e favorece a saúde de crianças alérgicas ou não.

2. Evite refeições fora de casa

A alergia alimentar é bastante delicada e, em muitos casos, exige o controle rigoroso da alimentação. Evite fazer refeições fora de casa, principalmente em buffets – em que um alimento geralmente acaba entrando em contato com o outro e, consequentemente, podem ser consumidos por alérgicos sem intenção. As refeições caseiras, além de livres de alérgenos, podem ser preparadas de forma mais saudável e nutritiva ou faça as refeições em restaurantes onde você consiga ter acesso ao profissional que prepara os alimentos para passar todas as restrições de seu filho.

3. Tenha atenção com as roupas de crianças alérgicas

As roupas que seu filho utiliza, além de sempre limpinhas, precisam ser de material adequado para não desencadear alergias. Evite tecidos muito fibrosos ou de lã pura, pois esses, em contato direto com a pele, causam fortes irritações, e, além disso, são incentivadores de alergias respiratórias. Use roupas mais de algodão, confortáveis, lavadas sem muitos produtos químicos.

4. Incentive a boa alimentação e a prática de exercícios

As atividades físicas são muito importantes para o desenvolvimento das crianças alérgicas e devem ser um hábito a ser incluído em suas rotinas. Além disso, uma dieta balanceada, rica em nutrientes, reflete diretamente na saúde do corpo.

Ambas as iniciativas melhoram a respiração, o condicionamento físico, a disposição e, ainda, garantem o fortalecimento do sistema imunológico.

Atividades físicas aeróbicas e regulares, com orientação adequada e após liberação médica melhoram a saúde em geral.

5. Evite contato com animais de estimação

Os animais de estimação devem ser evitados pelas crianças alérgicas. Isso porque esses bichinhos tão adoráveis são dotados de pelos – que causam irritações na pele e reações respiratórias. Além do próprio pelo, por gostarem de brincar na rua e correr por aí, acabam trazendo para perto das crianças outros germes e bactérias. A descamação da pele dos animais e a saliva também podem desencadear alergias.

Para os pacientes alérgicos e sensíveis aos animais, evitar que fiquem em cima da cama e sofá é recomendado.

6. Faça um acompanhamento com especialistas

Assim como qualquer outra disfunção do organismo, as alergias também devem ser acompanhadas por um especialista. Leve seu pequeno a um médico alergologista para entender o quadro apresentado, bem como receber orientações para controle, prevenção e tratamento.

Nada como ter alguém que entenda do assunto para lhe passar a segurança de como agir corretamente para garantir a saúde e o bem-estar de crianças alérgicas, não é mesmo?

7. Repasse orientações

Se o seu filho vai à escola ou costuma ficar partes do dia longe de você, não esqueça de passar as instruções referentes à alergia. Afinal, se você não está por perto, precisa de alguém que tome os cuidados no seu lugar! Explique direitinho aquilo que causa alergia ao pequeno e que tipo de exposição precisa ser evitada.

Com esses pequenos cuidados, mesmo crianças alérgicas podem crescer felizes e saudáveis. E se você tiver mais alguma dúvida sobre cuidados que os pais devem ter com crianças que sofrem com as alergias, deixe sua mensagem nos comentários ou entre em contato conosco. Até a próxima!

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *