Como se preparar para testes cutâneos de alergia?

Os testes cutâneos de alergia representam um grande avanço da área médica, bastante útil para a garantia do bem-estar da população. Isso porque eles ajudam a identificar a sensibilidade do organismo em relação à exposição a determinados alérgenos, possibilitando a prevenção ao aparecimento das crises de alergias.

Mas, para que esses testes sejam realmente eficazes, é preciso garantir que alguns cuidados preparatórios sejam tomados. Afinal, o corpo precisa estar receptivo a essa demanda.

Pensando nisso, neste artigo, confira dicas de como se preparar para os testes de alergia. Acompanhe.

6 dicas para se preparar para fazer testes cutâneos de alergia

1. Interrompa o uso de medicamentos antialérgicos

Os remédios antialérgicos (anti-histamínicos) devem ser interrompidos para os testes de alergia, uma vez que podem interferir em seu resultado, minimizando ou inibindo reações de leitura. Esse tipo de medicamento deve ser suspenso, preferencialmente, cinco dias antes da realização do teste, com pequenas ressalvas em relação a alguns tipos.

Lembrando que existem outros remédios (como os antigripais), que possuem componentes antialérgicos em sua fórmula e que podem afetar o resultado do teste, portanto, esses também devem ser suspensos. Em caso de dúvidas, seu médico poderá orientá-lo sobre esse procedimento.

2. Informe seu médico sobre o uso de antidepressivos, ansiolíticos e medicamentos para insônia

Existem alguns medicamentos de uso contínuo que também podem interferir nos resultados dos testes de alergia. Antidepressivos triciclos, ansiolíticos e os famosos “remédios para dormir” são exemplos nesse contexto. Alguns podem precisar serem suspensos por semanas, para que não levem a resultados negativos nos testes. 

Por isso, antes de realizar o procedimento, informe o seu alergologista sobre essas medicações e peça orientações sobre como proceder para a realização do teste.

3. Evite também corticoides

Corticóides podem ser inimigos desses testes de alergia, causando alterações nos resultados. É interessante, então, que esse tipo de medicamento seja evitado também no período antes da aplicação do teste. Pequeno curso de corticóide oral não interfere no resultado, no entanto, o uso de corticóide na pele, em formas de pomadas ou cremes por exemplo, por certo período e no local de aplicação, pode reduzir a resposta dos testes.

A distorção dos resultados pelo uso desse tipo de remédio pode colocar a perder toda a credibilidade do teste, por isso, esse cuidado é extremamente importante. Então, consultar o alergologista para saber se o tempo e a forma do corticóide em uso pode ser mantido ou deve ser suspenso é a melhor medida a ser tomada como cautela.

 

4. Mantenha cuidados preventivos com a pele

Se o teste a ser realizado for o de contato, é fundamental que a pele esteja saudável, sem quaisquer tipos de manifestações presentes. Evite exposição solar em, pelo menos, 20 dias antes da realização do teste. Ainda, observe sua rotina de cuidados, evitando o uso de produtos que contenham possíveis alérgenos.

Então, para que o teste apresente resultados precisos, é importante garantir que a região a ser avaliada esteja livre de quaisquer reações anteriores. Lembre-se sempre de que a efetividade desse teste também depende de você.

5. Não aplique produtos de higiene e beleza na região de realização do teste

A pele precisa estar limpinha para a aplicação do teste, o que significa que deve estar livre de qualquer produto ou dermocosmético. Por isso, evite passar óleos, cremes e outros produtos similares nas 12 horas que antecedem a realização do teste.

No caso do banho antes, lave a região apenas com água e sabão neutro. Nessas condições, a pele receberá o teste de forma correta, sem interferência de outros agentes.

6. Tenha cuidado com as roupas e os tecidos que serão vestidos

Também considerando a realização do teste de contato (que é aplicado mais comumente nas costas), uma atenção especial deve ser dada ao vestuário. Isso porque tecidos acrílicos ou com fibras (como a lã, por exemplo) podem causar irritação na pele, prejudicando a eficácia do teste.

Sendo assim, no dia anterior e no dia de aplicação dos seus testes de alergia, prefira utilizar roupas leves ou de algodão. É um cuidado simples, mas que pode fazer toda a diferença. O paciente, após a aplicação, também deve evitar atividades que levem a transpiração (suor), sob o risco de comprometer a leitura do teste.

Não custa tomar algumas precauções para garantir que os testes cutâneos de alergia apresentem resultados fidedignos. Prepare-se da forma correta e aplique esse teste a seu favor: afinal, o importante é conhecer as suas alergias para evitar reações que possam prejudicar sua rotina, saúde e bem-estar. Consulte sempre seu alergologista ou a equipe de saúde responsável pelo procedimento para os devidos esclarecimentos e resolução de todas a dúvidas.

E então, ficou mais claro como se preparar para testes de alergia? Você pensa em fazer esse procedimento para confirmar as sensibilidades do seu organismo? Deixe sua mensagem nos comentários ou entre em contato conosco.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *