Quem tem rinite alérgica pode praticar natação?

A natação é um esporte completo. Além de exercitar diversos grupos musculares e aumentar a resistência física, ela é indicada para quem tem problemas respiratórios, principalmente a asma. Mesmo com tantos benefícios, muitas pessoas que sofrem de rinite alérgica têm dúvidas se podem ou não praticar a modalidade.

Neste artigo, nós vamos esclarecer essa e outras dúvidas para que você possa, literalmente, mergulhar de cabeça nesse esporte, que só faz bem à saúde.  Vamos lá?

O que é a rinite alérgica?

A rinite alérgica é uma doença inflamatória crônica, desencadeada por substâncias conhecidas como alérgenos, que estão presentes na poeira, em pelos de animais domésticos, em ambientes com mofo, em produtos químicos e até em remédios.

Para defender o organismo dos fatores que causam a alergia, o sistema imunológico reage de maneira intensa. Quando a pessoa está em crise, a rinite provoca coriza, espirros, coceira e obstrução no nariz, e, caso ela tenha asma associada, pode sentir cansaço e falta de ar.

Há indivíduos com predisposição genética para alergias: quando elas estão em contato com um alérgeno, o corpo pode não ter mais tolerância e, assim, desencadear a reação alérgica durante a vida.

Por que a natação é importante no controle das doenças respiratórias?

A natação é considerada uma atividade física completa e é exatamente por isso que é importante no controle das doenças respiratórias. A prática não tem o poder de curar, mas alivia os sintomas desses males, como a asma, por exemplo.

Isso acontece porque nadar fortalece a musculatura respiratória, abre e fecha as costelas e auxilia nos movimentos da caixa torácica, o que ajuda no trabalho dos pulmões, facilitando a inspiração e a expiração.

Quem sofre com rinite alérgica pode nadar?

Como vimos, a rinite alérgica é uma doença crônica. Por isso, se você tem o problema e deseja praticar natação, é importante estar com seu tratamento em dia e com a alergia controlada – dessa forma, poderá nadar à vontade e aproveitar os benefícios dessa prática esportiva.

É importante lembrar que apesar do cloro não ser uma alérgeno, ele libera gases que irritam o nariz, os olhos e a pele quando está em contato com as impurezas da água.

Por isso, quem tem rinite alérgica deve ter cuidado ao nadar em uma piscina que teve a água tratada com o produto.

Como aproveitar melhor a natação?

Antes de praticar a natação, peça orientações ao seu médico alergologista. A escolha do esporte não deve ser norteada pela presença ou não da rinite, mas, sim, pelos benefícios físicos e psicológicos que a prática pode proporcionar.

Pacientes com rinite alérgica devem, preferencialmente, praticar a natação em ambientes úmidos e quentes, e em piscinas nas quais se utiliza a ozonização – método que elimina da água micro-organismos nocivos – ou a desinfecção da água com a radiação ultravioleta.

Agora você já sabe que quem tem rinite alérgica pode, sim, praticar natação, não é mesmo? Se esse é seu caso, procure um médico alergologista, faça um tratamento e prepare-se para aproveitar o treino! Nadar faz bem à saúde do corpo e da mente! Ficou com alguma dúvida? Já sabe: escreve pra gente pelos comentários e até a próxima. 

Compartilhe:

5 thoughts on “Quem tem rinite alérgica pode praticar natação?”

  1. Boa tarde! Gostei bastante da matéria, gostaria de saber se fazer natação com água tratada por salinizacao é ruim para criança que tem rinite alérgica? Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *