Quais os sintomas de APLV?

A APLV é a sigla de alergia à proteína do leite de vaca, uma reação do sistema de defesa do organismo, no entanto, você sabe quais são os sintomas de APLV?

No artigo de hoje vamos explicar tudo sobre a APLV, o que é, quais são os sintomas e exames necessários para diagnosticar o problema. Quer entender tudo sobre o assunto? Então, acompanhe o nosso post!

O que é APLV?

A APLV é uma reação do sistema imunológico às proteínas do leite de vaca. Ela é mais comum em bebês e crianças, e qualquer quantidade da proteína do leite é o suficiente para desencadear os sintomas de APLV. 

Portanto, o tratamento para o problema é uma dieta isenta de alimentos que possuem as proteínas do leite, como ele próprio, os derivados e todos os alimentos preparados com a bebida, sejam bolos, tortas, biscoitos, etc.

Como diagnosticar o problema?

Caso suspeite que alguém da sua família tenha APLV, é preciso evitar o consumo dos produtos que contenham a proteína. Para diagnosticar a doença, alguns exames poderão ser solicitados pelo médico, mas nenhum será, de fato, capaz de concluir ou descartar a hipótese de alergia alimentar sozinho.

Para fechar o diagnóstico, o médico deve analisar os exames com a história clínica e a resposta do paciente à dieta alimentar. As crianças amamentadas ao seio devem continuar com o leite materno, e é a mãe quem deve fazer a dieta de exclusão, afastar todos os derivados de leite.

Caso a criança seja desmamada, o leite deverá ser substituído por uma fórmula especial receitada pelo médico alergologista. Se, nesse período, os sintomas passarem, será confirmada a suspeita e o teste de provocação oral com a ingestão de leite deverá ser realizado. Se os sintomas voltarem após o teste de provocação, o diagnóstico, portanto, será confirmado.

Quais os sintomas de APLV?

Digestivos

Os sintomas de APLV podem ser digestivos. Eles são caracterizados por: dificuldade para engolir, sensação de alimento parado na garganta, dificuldade de digestão, falta de apetite, recusa alimentar, saciedade com pouca quantidade de alimento, regurgitação (golfos) frequentes, vômitos, cólicas intensas, diarreia com ou sem perda de proteína, sangue ou muco, intestino preso, e assadura na região anal.

Respiratórios

Os sintomas respiratórios são: coriza, obstrução nasal, chiado, respiração difícil e tosse (todos não associados a infecções). São sintomas mais raros.

Cutâneos (de pele)

Urticária (placas vermelhas na pele), sem relato de infecção, ingestão de medicamentos ou outras causas. Eczema atópico ou dermatite atópica (ressecamento ou descamação da pele, com ou sem a presença de feridas ou secreção), coceira na pele e inchaço de lábios e pálpebras também podem ser sintomas de APLV.

Sintomas gerais

Os sintomas gerais de APLV são caracterizados por baixo ganho de peso, crescimento e desenvolvimento, anafilaxia, vômitos e diarreia.

É importante lembrar que esses sintomas também podem estar associados a outros problemas. Portanto, o fato de a criança apresentá-los não quer dizer que ela, de imediato, tenha APLV, certo?

Por isso, converse com seu médico, procure um alergologista para que ele possa investigar e considerar a hipótese de alergia alimentar.

Quais exames confirmam a APLV?

Há testes alérgicos que medem a presença de IgE específica para os alimentos no sangue e na pele, e podem ser solicitados para auxiliar no diagnóstico de APLV.

Porém, mesmo que os resultados sejam negativos, o médico ainda não descartará a hipótese de alergia à proteína do leite. Isso porque algumas reações, que são conhecidas como não mediadas por IgE, não aparecem no exame de pele ou sangue. As principais reações não mediadas por IgE são as digestivas.

Entretanto, também não é possível confirmar o diagnóstico apenas com o resultado positivo desses testes, pois eles indicam que a criança é sensível àquele alimento, não que ela tem alergia, ou seja, seu filho pode apresentar hipersensibilidade no teste, mas não uma reação alérgica ao consumir o alimento. Portanto, só poderá ser considerada alergia quando o indivíduo apresentar reação ao consumir o alérgeno. 

Agora que você já conhece os sintomas de APLV, ficará mais atento em relação aos seus filhos ou familiares, não é verdade? Observe o que seu filho sente e procure um médico alergologista caso desconfie de alergia alimentar.

Gostou do nosso conteúdo? Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Escreva para gente nos comentários e até a próxima!

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *